Tag Archives: Formosa do Rio Preto

Ato político da oposição de Formosa, um verdadeiro covil de lobos falastrões.

Jabes Júnior chama prefeito de irresponsável mas esconde a sua verdadeira história de crimes políticos e condenações pela justiça baiana

Aconteceu no último dia 18 de maio, reunião organizada pela oposição de Formosa do Rio Preto no hotel Casarão. Liderada pelo ex-prefeito Jabes Júnior e Neo Afonso, ambos condenados pela justiça e enquadrados como fichas suja, ficando impedidos pelo prazo de 08 anos a concorrer a cargos públicos por cometerem crimes graves.

Reunião recebeu o ex-prefeito de Coração de Maria, Diego Coronel (PSD) e pré-candidato a deputado estadual, que teve as contas de um convênio com a Superintendência de Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA), sendo condenado a devolver cerca de R$ 590 mil aos cofres públicos por responsabilização financeira (ver matéria clicando aqui). Sérgio Brito, deputado Federal e candidato a reeleição também esteve no ato.

De forma dissimulada e tentando iludir a população sobre o seu trágico governo na cidade, o ex-prefeito Jabes Júnior disse que andando pelas ruas de Formosa do Rio Preto percebe “o povo triste e sem trabalho”. Como se estive em um palanque pedindo votos, o ficha suja JJ chamou o atual prefeito de incompetência.

Jabes Júnior, protagonizou escândalos nunca antes vistos na história de Formosa do Rio Preto. JJ não falou:

  • Que foi condenado e afastado de seu cargo de prefeito pela justiça por gastos de R$ 1 milhão com empresa “fantasma”. Clique aqui e leia a matéria da Rede Globo;
  • Que foi denunciado pelo Ministério Público por enriquecimento ilícito  pela execução de ponte inexistente e de reforma de uma ponte na comunidade de Vereda do Gado. Clique aqui para ver a matéria;
  • Que em Operação, a Polícia Federal apreendeu documentos de sua gestão. Clique aqui para ver a matéria do jornal OExpresso;
  • Que Jabes Júnior fez uma verdadeira farra dos combustíveis, que com o dinheiro gasto seria possível dar mais de 12 (doze) viagens até a lua ou o suficiente para dar 119 (cento e dezenove) voltas em torno do planeta terra (ver aqui). E que por conta dessa irresponsabilidade teve os seus bens bloqueados pela justiça Federal (clique aqui).

Isso ele não disse, não é mesmo caro leitor.

Ele também não disse no “rega bofe” de onde estava saindo o dinheiro para custear a comilança e o aluguel do Hotel Casarão e tão pouco que ele (JJ) e seu tio Neo ficaram inelegíveis por 08 anos por abuso de poder econômico. Clique aqui para ver a matéria do Bahia Notícias.

Segundo o jornal OExpresso, Jabes Júnior divulgou nas redes sociais imagem em 28 de abril de 2016, na qual ele aparece recebendo 9 citações e intimações de ações por malversação do dinheiro municipal (ver aqui).

Jabes Júnior tem mais de uma dezenas de processos na justiça da Bahia

Acreditando na impunidade, segundo matéria do blog “Diário do Rio Preto” –  desrespeitando a justiça e as Leis eleitorais -, Jabes Júnior pediu abertamente voto aos seus candidatos, Diego Coronel que é pré-candidato à deputado estadual e o já deputado Sérgio Brito que tentará reeleição nas eleições de outubro próximo.

“O político concluiu pedindo o apoio do grande público presente para dar a maior votação aos candidatos da oposição formosense na eleição de outubro nesse Município do Vale do Rio Preto no Oeste Baiano,” relatou o blog. Clique aqui para ler a matéria.

Sobre os seus políticos ao qual anda e apoia, a dupla de improbos e ficha suja, Jabes Júnior e Neo Afonso não fogem a um velho ditado popular: “Os iguais andam sempre com os iguais!

Segundo o Site Bahia Notícias, com sede em Salvador, o seu pré-candidato a deputado estadual, Diego Coronel (PSD), que é ex-prefeito da cidade de Coração de Maria, teve as suas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA), por um convênio firmado com a Superintendência de Desportos do Estado da Bahia (Sudesb). De acordo com decisão tomada em 28 de março de 2018, o filho do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, o deputado estadual e também ex-prefeito do município, Ângelo Coronel (PSD), terá que devolver cerca de R$ 590 mil aos cofres públicos por responsabilização financeira. Além disso, o relator do processo, conselheiro Pedro Henrique Lino, em voto aprovado por unanimidade, aplicou multa de R$ 5 mil ao ex-prefeito Diogo Coronel (ver matéria clicando aqui).

O outro pré-candidato da dupla Jabes Júnior/Neo, é o deputado Federal Sérgio Brito (PSD). Segundo o Portal “Ranking dos Políticos”, o deputado Sérgio Brito tem avaliação negativa no ano de 2018, a sua pontuação é -21 (menos vinte e um) e sua pontuação total para este ano de 2018.

Conforme expõe o Portal, Sérgio Brito, no quesito “presença nas sessões”, a sua pontuação é negativa, com -16 (menos dezesseis).

Outro ponto avaliado é “Privilégios” que segundo o Portal “Ranking dos Políticos” é compara o valor gasto pelo político, no período total do mandato. De janeiro 2015, quando iniciou este mantado até esta quarta-feira, 23 de maio de 2018, o deputado gastou R$ 1.620.131,69, isso sem contar mordomias como auxilio aluguel, verba para pagar assessores e auxílios diversos. A votação de Sérgio Brito neste quesito “Privilégios”, também teve avaliação negativa, sendo -5 (menos cinco).

Outra informação relevante apresentada pelo Portal é que a Bahia tendo um total de 39 deputados Federais, Sérgio Brito no ano de 2018 é apenas o 31º deputado em desempenho parlamentar. Segundo o portal, Sérgio Brito teve esse baixo desempenho por ter votado contra a autorização para o Supremo Tribunal Federal (STF) abrir processo criminal contra o presidente da República, Michel Temer, por crime de corrupção passiva.

O deputado Sérgio Brito votou “SIM” a PEC 395/2014 que autoriza universidades públicas e institutos federais a cobrar por cursos de extensão e pós-graduação lato sensu (especializações). Ao final da votação, foram 304 votos favoráveis e 139 contrários, mas eram necessários 308 votos “sim” para aprovar a proposta, que foi arquivada.

Jabes Júnior tenta iludir a população que sabe quem realmente é ele e seu tio Neo Afonso, fichas sujas acostumados a mamar como bezerros nas tetas da prefeitura, estão loucos a voltar ao poder, mesmo que seja comprando voto e mentindo, como já fizeram em eleições passadas.

Vereadora Manuela parabeniza negociações entre Prefeitura e APLB que gerou aumento de 6,81% para professores.

A vereadora Manuela da Saúde (PV), em pronunciamento durante sessão na Câmara de Vereadores de formosa do Rio Preto comemorou o acordo realizado entre a Prefeitura Municipal e o sindicato APLB que resultou em 6,81% de reajuste salarial para os professores da cidade.

“Quero dizer que a categoria dos professores do município de Formosa do Rio Preto, realmente tem sido uma grande batalhadora e eu respeito muito toda diretoria APLB. Eu vi que vocês se sentaram com o gestor, fizeram um estudo e o aumento foi concedido”.

Segundo ainda a vereadora esse reajuste que será aplicado a aproximadamente 400 professores do quadro da educação tem incidência direta em outros benefícios pagos aos servidores.

“Em cima dos direitos adquiridos receberam impacto e o devido reajuste”.

Com relação aos demais servidores municipais, a parlamentar disse: “Com relação as demais categoria, é necessário que se faça também as reposições inflacionárias. o prefeito já mostrou a sua boa vontade onde já no seu primeiro ano de governo quando foi concedido aumento de 8,5% para todas as categorias. Esperamos que o governo mande o reajuste salarial”, falou.

Acompanhe abaixo o vídeo com a integra do discurso da vereadora Manuela da saúde

 

Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e três indicações são aprovados pela Câmara de Formosa do Rio Preto.

Noite de quarta-feira, 07, com a presença de nove vereadores, secretários municipais e população, ocorreu a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Formosa do Rio Preto e pela proximidade do Dia da Mulher, foram realizadas homenagens às mulheres. O presidente da Casa, vereador Zé de Zuza, entregou placas comemorativas para a primeira-dama, Ronúbia Setúbal Dias, às vereadoras: Maria Rosita e Manuela Rocha e para Magna Domingas, a mais antiga funcionária da Câmara Municipal.

Durante a sessão, a primeira-dama e secretária de Acompanhamento de Políticas Estratégicas, Programas e Projetos, Ronúbia Setúbal Dias, apresentou o Projeto de Lei nº 003/2018, de autoria do Poder Executivo, que dispõe da criação do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher – CMDM. “O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, tem como finalidade de garantir à mulher o pleno exercício de sua cidadania, garantindo também oportunidades e direitos, promovendo a participação da mulher no processo social, econômico e cultural”, defendeu Ronúbia. Aprovado por oito votos, o Projeto seguiu para o Poder Executivo.

Também foram apresentadas três indicações dos vereadores: Manuela Rocha, Hildjane Leite e Sandoval Queiroz. A vereadora Manuela apresentou a indicação nº 01/2018, que solicita a aquisição de uma casa de apoio aos pacientes do TFD (tratamento fora do domicílio) em Salvador – BA. “Essa ação visa oferecer tranquilidade e dignidade aos pacientes e acompanhantes que estão sendo submetidos à tratamentos médicos na capital”, declarou a vereadora.

A indicação nº 02/2018, de autoria do vereador Hildjane Leite, refere-se à continuidade da pavimentação asfáltica do Bairro Projeto, com instalação de sistema de drenagem de água por meio de manilhas, “É imprescindível que todas as ruas sejam devidamente pavimentadas evitando os transtornos decorrentes nos períodos de chuva, como os alagamentos e a poeira nos períodos de estiagem. Como também a urgente necessidade da instalação de um sistema de canalização da água, que permita o escoamento”, conclui o vereador Hildjane.

O vereador Sandoval Queiroz fez a indicação nº 03/2018, que se trata da disponibilização de um veículo para transportar famílias que residem nas localidades dos Gerais, zona rural até o centro urbano de Formosa. “O município de Formosa é o maior da Bahia em extensão territorial e sendo assim, existem localidades na zona rural que ficam extremamente distantes do centro urbano, onde são oferecidos bens e serviços indispensáveis e que a maioria dos moradores dessas comunidades não tem um meio de locomoção, portanto esse veículo irá facilitar a vida dessas pessoas, dando-lhes dignidade e bem-estar”, afirmou o vereador Sandoval. Todas as indicações foram aprovadas por unanimidade, oito votos no total.

Encerrando a sessão, os vereadores se pronunciaram sobre a importância da mulher na sociedade, a luta por seus direitos, parabenizando-as pelas conquistas. Na oportunidade, saudaram também o prefeito Termosires Dias Neto pela inauguração da escola na comunidade Caraíbas da Vazante.

A próxima sessão ordinária será realizada no dia 13/03, a partir das 19 horas, na Câmara Municipal de Formosa do Rio Preto.

Ascom – Câmara Municipal de Formosa do Rio Preto.

Vereadora Manuela reivindica à Prefeitura casa de apoio para pacientes do TFD em Salvador

Vereadora vê a necessidade de maior apoio aos pacientes do TFD levados para Salvador

A implantação de uma casa de apoio em Salvador, para os pacientes que são submetidos ao Tratamento Fora do Domicílio (TFD) e seus acompanhantes, está sendo reivindicada pela vereadora Manuela da Saúde (PV), ao prefeito de Formosa do Rio Preto, Termosires Neto. O requerimento foi aprovado por todos os vereadores da Casa de Leis.

Em justificativa ao seu requerimento, a vereadora Manuela fala sobre a necessidade dessas pessoas, terem na capital do Estado, um local que lhes ofereça hospedagem, alimentação durante o período de realização do tratamento para que possam usufruir do tratamento com tranquilidade, conforto e dignidade, contribuindo com a melhoria da qualidade de vida dos menos e dos seus familiares, além de proporcionando a esses formosenses um ambiente seguro e adequado para as pessoas que se encontram com a saúde debilitada.

“O público alvo, serão os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de qualquer faixa etária. A Casa de Apoio é de grande importância, uma vez que o elevado o número de pacientes em tratamento é o que nos leva a buscar a efetivação constante dos direitos sociais e humanos, sobretudo para pessoas carentes, para que tenham um tratamento de vida digno”, disse a vereador Manuela.

Acompanhe abaixo, cópia do requerimento feito ao Poder Executivo de Formosa do Rio Preto

Proposta da vereadora Manuela vira Lei e agência bancária instala porta giratória com detector de metais.

Com a finalidade de dar mais segurança e facilitar o acesso às agências bancárias, foi proposto pela vereadora Manuela da Saúde, aprovado na Câmara Municipal de Formosa do Rio Preto e sancionada pelo prefeito lei que obriga todas agências bancárias localizadas no município a instalar porta eletrônica de segurança, giratória e individualizada, após as salas de autoatendimento e em todos os acessos destinados ao público.

Segundo a vereadora Manuela, “a presente Lei se justifica tendo em vista a elevada onda de violência e criminalidade, fruto de uma série de fatores econômicos, políticos, sociais e culturais que desafiam cada vez mais a sociedade. O objetivo é prevenir ações de violência através da instalação eletrônica giratória, com detector de metais evitando que pessoas armadas tenham acesso ao salão de atendimento público”, justificou a parlamentar.

Sob um olhar social, sobre a questão da segurança, a vereadora Manuela disse que:

“Ninguém pode ficar omisso ou indiferente diante as situações de exclusão e das ações criminosas que sucedem em todos os cantos do país, deixando um rastro de mortes, feridos e pessoas traumatizadas. Além de políticas públicas e ações de cidadania e inclusão social, o Estado tem o dever de investir em segurança pública, o que requer mais atenção e comprometimento dos governos e da sociedade. Da mesma forma, a segurança privada exige melhorias sob a ótica da proteção da vida das pessoas, por ser este o bem mais precioso”.

Consta na Lei 04/2017 em seu parágrafo único do artigo 1º, dispositivo que garante acesso à portadores de necessidades especiais, como segue abaixo:

“Para garantir o acesso da pessoa portadora de deficiência, portadora de marca-passo cardíaco, bem como com dificuldades de locomoção, ficam as agência bancárias obrigadas a manter uma porta auxiliar junto as portas de segurança”

Vereador Meletinha reafirma seu compromisso com o social e faz cobranças.

O vereador Meletinha Barbosa durante Sessão de Inauguração da Sessão Legislativa Anual – 2018, ocorrida no dia 20 de fevereiro, fez um pronunciamento carregado de cobranças em favor dos servidores públicos e por mais atenção para Formosa do Rio Preto.

Segundo o parlamentar, “Como vereador e no exercício da minha atividade, solicitei ao executivo a melhoria do salário de algumas categorias que estão defasados a exemplo de técnicos de enfermagem, enfermeiros e motoristas”.

Conforme esclareceu Meletinha em conversa com servidores passam por dificuldades recebendo salários que não possibilitam atender as suas necessidades básicas.

Ainda em sua fala, o vereador solicitou a diversas autoridades do estado.

“Quero fazer um apelo, especialmente porque é ano de eleição. Sei que essa sessão está sendo gravada e os meios de comunicação vão transmitir. Governador, o Luz para Todos em Formosa do Rio Preto não funcionou! Peço atenção! Fiz solicitação ao governador, fiz a ouvidoria da Coelba e alguns deputados, para que atendessem Caraíbas da Malhadinha e outras tantas localidades, mas sei que falta reforçar o pedido. Isso chega a ser revoltante saber que a rede de alta tensão passa sobre as casas a menos de 100 metros e estas pessoas estão sem energia até hoje enquanto em outros municípios uma casa distante a 20, 30 quilômetros e chegou a energia. Então Formosa do Rio Preto merece mais atenção. Então governador, deputados, pessoas que tem responsabilidade que estão na linha de frente que conseguem resolver este problema, fica este apelo em nome da nossa comunidade”, argumentou.

Acompanhe abaixo a íntegra do pronunciamento do vereador Meletinha.

PF cumpre mandados de prisão por desvio de verbas na educação. Três cidade do oeste baianos estão na mira.

Uma operação da Polícia Federal foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (23), em cidades da Bahia e de Minas Gerais. São 13 mandados de prisão preventiva, 4 de prisão temporária e 41 de busca e apreensão. A operação Lateronis acontece em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF) e a Controladoria Geral da União (CGU) e conta com a participação de 160 policiais federais e 16 auditores da CGU, em 16 cidades baianas e na mineira Mata Verde.

Foram fraudados contratos na área de educação entre 2010 e 2016, e, segundo a PF, a organização criminosa investigada obteve cerca de R$ 140 milhões em contratos, dos quais teriam sido desviados pelo menos R$ 45 milhões por fraudes. O grupo é formado por políticos, empresários e servidores.

As cidades baianas onde ocorreu a operação são: Barra do Choça, Cândido Sales, Condeúba, Encruzilhada, Ribeirão do Largo, Gandu, Itambé, Jequié, Piripá, Vitória da Conquista, Tanhaçu, Ipirá, Salvador, Barreiras, Luís Eduardo Magalhães e Formosa do Rio Preto. Em Salvador e Vitória da Conquista foram realizadas apenas apreensões – não há envolvimento das prefeituras no esquema.

Operação apreendeu armas e drogas (Foto: Divulgação/PF)

As investigações da PF apontam que o dinheiro desviado era repassado para servidores, que usavam o valor para corromper outros servidores públicos que atuavam no setor de licitações na área de transporte. O grupo podia escolher quem seriam os candidatos e até os secretários nomeados nos municípios.

Segundo a PF, as investigações apontaram que três falsas cooperativas que pertenciam a um mesmo grupo, vencedoras de licitações recorrentes, desviavam recursos públicos obtidos através de contratos celebrados com diversos municípios, na área de transporte, sobretudo escolar. O grupo usava as empresas como fachada para fazer o esquema, já que não havia concorrência e a vencedora era decidida antes. O valor desviado também era usado para financiar campanhas políticas.

Ainda de acordo com as investigações, o grupo chegou a decidir os candidatos que concorreriam aos cargos eletivos nos municípios de sua atuação, a formação das coligações locais, o secretariado a ser nomeado pelos prefeitos e até mesmo se as Câmaras Municipais deveriam ou não aprovar as contas do município. “Uma espécie de atuação paralela que influenciava decisões públicas a favor de interesses ligados ao esquema criminoso”, diz a Polícia Federal.

Policiais federais estão nas ruas desde cedo (Foto: Divulgação/Polícia Federal)

Os envolvidos responderão pelos crimes de peculato, organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva e fraude à licitação.

O nome da operação, Lateronis, é uma referência aos soldados da Roma antiga, que guardavam as laterais e as costas do imperador e que, de tanto estarem ao lado do poder, passaram a acreditar que eram o próprio poder e que podiam atuar de forma impune ao cometerem delitos contra os mais pobres. do Correio da Bahia

Vereadora Manuela e Zé de Zuza entregam trator agrícola para Associação do Pavão.

A vereadora Manuela da Saúde, ladeada pelo prefeito de Formosa do rio Preto, Termosires Neto e com a presença de vereadores, Secretários Municipais e lideranças políticas entregou nesta sexta-feira (19) um trator agrícola para os Trabalhadores Rurais da Associação Nova Terra da comunidade do Pavão e Região, representada pelo presidente Antônio Alves de Barros popularmente conhecido como “Meleta”.

A conquista deste importante equipamento de trabalho junto a Codevasf, só foi possível graças a união, é o que afirmou a vereadora Manuela da Saúde durante sua fala.

“Quando a gente quer ir mais rápido, a gente vai só, quando a gente quer ir mais longe a gente vai junto. Estamos hoje num fato inédito! É o primeiro trator doado a uma associação de Formosa do Rio Preto. Isso prova para vocês que vereador não é para sentar uma vez por semana cadeira da câmara, vereador deve correr atrás de benefícios para o município. Conforme eu disse ao senhor Meleta, esse trator não é exclusivo da comunidade do Pavão. Ele é para atender as comunidades da Canabrava, do Couro, Pajeú e Gameleira. Fui a segunda vereadora mais bem votada na base do prefeito na região e esta é uma forma de demonstrar a vocês a minha gratidão ”, argumentou a vereadora Manuel.

A vereadora Manuela que menciona a importante participação do vereador Zé de Zuza e também a intervenção feita pelo advogado Bira Lisboa, em vídeo esclarece como foram as negociações e dificuldades enfrentadas para a obtenção do equipamento agrário.

Segundo nos informou Bira Lisboa, “são iniciativas como estas que fortalecem a pequena agricultura do município, e desta forma o poder público tem feito a sua parte, que é oportunizar condições para que o produtor possa ampliar e diversificar a sua produção. Essa é mais uma prova da importância do trabalho em parceria com todos aqueles que têm vontade em fazer algo para nosso município. Quero parabenizar o prefeito Termosires e todo seu secretariado, a vereadora Manuela pela iniciativa e o empenho do vereador Zé de Zuza por apoiar o projeto e a associação e comunidade por participar desde o início colaborando sempre conosco”, disse Bira.

Assista abaixo o pronunciamento da vereadora Manuela da Saúde

Vereador Meletinha, em entrevista reafirma o seu compromisso de lutar pelos direitos do povo.

Em entrevista concedida ao órgão de imprensa oficial da Câmara de vereadores de Formosa do Rio Preto, o vereador Meletinha reforçou o seu compromisso de lutar pelos direitos do povo da cidade.

Na oitiva, o edil discorreu sobre as dificuldades enfrentadas no ano de 2017, destacou parte de sua atuação como parlamentar ao mesmo tempo em que expressou como sua bandeira de luta a melhoria do plano de carreira dos funcionários públicos municipais, entre outros temas importantes para formosa do Rio Preto.

Leia a seguir a íntegra da entrevista concedida a Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de formosa do Rio Preto.

ASCOM – Quais são os maiores problemas de Formosa?

Meletinha – Em primeiro lugar a falta de emprego. E o grande consumo de bebidas alcoólicas e drogas em geral.

ASCOM – O senhor foi eleito vereador defendendo quais bandeiras?

Meletinha – Fui eleito para lutar e defender os direitos dos cidadãos formosenses.

ASCOM – Continuará com a mesma bandeira?

Meletinha – Continuarei lutando pelos direitos de todos incansavelmente, pois sou porta voz e fiscal do povo que confia em mim e na minha capacidade.

ASCOM – Quais as suas principais conquistas nesse primeiro ano de vereança?

Meletinha – Esse ano de 2017 foi o aprendizado, porém destaco os pedidos que foram enviados a várias secretarias e ao próprio prefeito, como solicitação de abastecimento de água para atender muitas famílias em algumas comunidades rurais, atendimentos na área da saúde e na Educação, fiz importantes indicações como a implantação de um posto de saúde da comunidade de Arroz, asfaltamento da estrada que liga o bairro Progresso ao centro da cidade, construção de um abatedouro municipal, dentre outras.

ASCOM – O que os formosenses podem esperar do senhor para o próximo ano?

Meletinha – Continuarei cobrando melhorias em todos os setores, principalmente o plano de carreira dos funcionários públicos. Por entender que o país passou e está passando por um momento de crise, acredito que os investidores começarão a investir no nosso Brasil, e pelo nosso município ter sido considerado um dos maiores produtores de grãos, e ter alcançado uma renda per capita diferenciada de muitos municípios, espero que seja um ano melhor para todos os formosenses. Desejo um feliz Ano Novo a todos amigos e amigas, e que o nosso Deus derrame bênçãos sobre nós.

Vereador Meletinha faz balanço do mandato e cobra demandas em Formosa do Rio Preto. O discurso é histórico.

Durante a última sessão legislativa na Câmara de Formosa do Rio Preto realizada no dia 12 de dezembro, o vereador Meletinha, no uso da palavra demonstrou total independência do seu mandato enfatizando o seu total compromisso com a população.

Em sua fala o parlamentar fez agradecimentos a diversas secretarias que em nome do povo atendeu aos seus pleitos.

“Quero agradecer porque não foi preciso fazer o que fiz no passado onde eu denunciava por não ter merenda escolar e por terem cuidado das nossas crianças nas nossas escolas”.

O vereador reconheceu ainda pelo desempenho dos titulares das pastas da Saúde e Agricultura.

“Quero agradecer porque por muitas e muitas vezes que procurei estas pastas para resolver problemas das comunidades muitos deles foram atendidos. Por isso muito obrigado, porque pessoas que estão em linha de frente têm que entender que o mandato não é do vereador, o mandato é do povo. O secretario que está em linha de frente tem que exercer um trabalho visando sempre visando melhorias, sempre fazer algo que beneficiar porque ele está ali e o cargo é passageiro e as pessoas vão entender amanhã e vão dar aquele obrigado quando encontrar na rua, caso ele exerça um trabalho diferenciado”, pontuou o vereador.

Saudando o prefeito Termosires Neto, que se encontrava presente na Casa de Leis, Meletinha discorreu sobre seus requerimentos ao executivo e propôs uma análise.

“Quem acompanha o meu trabalho, sabe que foram muitos os requerimentos, cobranças e pedidos. Pedi muito! Fiz vários ofícios e alguns secretários não me responderam. Cabe aqui fazer uma análise e ver se o que o vereador pediu em nome do povo, o porque não foi atendido? Quero dizer senhor prefeito que o nosso hospital melhorou e acredito que pode melhorar mais! Vendo a demanda de alguns itens que faltam eu enviei um documento pedindo a compra de uma ambulância, pois no momento sabemos que são duas e uma está quebrada”, argumentou.

Otimista, o vereador Meletinha disse acreditar em um ano melhor para formosa do rio Preto.

“Sei que há muita coisa para se fazer e temos a esperança de que tudo melhore no ano que vem para o pais e também para a nossa cidade”.

Uma visão social

Melhorias na rua mais antiga da cidade, a Jorge Corrêa, melhorias na comunidade do Pavão, Segurança Pública, mobilidade urbana, urbanização, iluminação pública e sinalização de trânsito foram pautados.

Em contato telefônico, o parlamentar defendeu que o maior dos projetos a serem implantados em Formosa do Rio Preto é a geração de emprego e renda.

“Formosa do Rio Preto é um município com grande destaque nacional quando o assunto é o agronegócio. Neste sentido é importante destacar o potencial para a geração de trabalho para a população com a instalação de empresas dos mais diversos segmentos. A geração de emprego aliado a qualificação educacional e profissional é o caminho mais barato para o desenvolvimento de formosa. Enquanto não se instalarem indústrias ou empresas grandes em nosso município, o poder público tem que dar suporte com eficiente sistema de atendimento social, seja com alimentação e condições dignas de moradia ao nosso povo!”.

No vídeo, Meletinha fez um apelo ao prefeito Termosíres. “estamos no final do ano, e peço para que vejam o caixa da prefeitura e vejam a possibilidade de doação de cestas básicas para os mais carentes. Faço essa defesa porque o povo é carente e precisa de ajuda”.

Vejam abaixo a íntegra do discurso histórico proferido pelo vereador.