Monthly Archives: junho 2013

Formosa: APLB faz convocação de servidores

A APLB Sindicato, através de post em sua página do Facebook, convoca todos os servidores da educação de Formosa do Rio Preto. No comunicado a entidade sindical alerta para sessão que será realizada amanhã (26/mai) na câmara de vereadores onde será apresentado projeto de iniciativa do poder executivo que dificultará as discussões em torno do Plano de Cargos, Carreira e Salários. A sessão será às 08h30min.

Concurso público: Várias oportunidades de carreira









Marinha oferece 482 vagas
A Marinha tem inscrições abertas para três concursos públicos, somando 482 vagas. Desse total, 395 são para jovens de 17 a 23 anos com ensino médio completo que pretendem entrar na Marinha Mercante. O restante das oportunidades é dirigido a graduados ou técnicos em diversas áreas que estejam interessados em compor os quadro de oficiais intendentes ou de técnicos.
Os candidatos que passarem na seleção para a Marinha Mercante serão encaminhados para duas unidades de treinamento: 230 aprovados irão para o Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (Ciaga), no Rio de Janeiro (RJ), e os outros 135, para o Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (Ciaba) em Belém (PA). Os interessados devem se inscrever até o dia 17 julho no site www.ciaga.mar.mil.br e pagar taxa de R$ 50 até o dia 18 de julho.
Os jovens que se candidatarem às vagas farão provas de português, inglês e redação no dia 17 de agosto e testes de matemática e física no dia 18 do mesmo mês. Em seguida, os selecionados na primeira etapa participarão de reunião de instruções, seleção psicofísica e teste de suficiência física. Todas as etapas têm caráter eliminatório. O processo de seleção deverá ter fim em janeiro, com a entrega dos documentos. O curso de formação tem duração de 12 meses.
As outras 87 vagas disponíveis na Marinha são dirigidas aos quadros de oficiais intendentes (46) e de técnicos do corpo auxiliar do órgão (41). Nesses casos,  exige-se do candidato nível superior. Os interessados devem preencher formulário no site www.ensino.mar.mil.brou www.ingressonamarinha.mar.mil.br até quinta-feira, 27 de junho.

Instituto Rio Branco abre concurso para 30 vagas de Diplomata
O Instituto Rio Branco, ligado ao Ministério das Relações Exteriores, abriu concurso para 30 vagas de diplomata. O salário é de R$ 13.623,19. Do total de vagas, 2 são reservadas para pessoas com deficiência e 3 são reservadas, até a primeira etapa, para candidatos afrodescendentes. Os candidatos devem ter nível superior em qualquer área.
No site do Cespe/UnB, é possível ver o edital.
Os convocados irão ingressar em cargo da classe inicial da carreira de diplomata (terceiro secretário) e deverão se matricular no Curso de Formação, a ser realizado em Brasília.
As inscrições devem ser feitas pelo site http://www.cespe.unb.br/concursos/irbr_13_diplomacia de 25 de junho a 9 de julho. A taxa é de R$ 160.
O concurso terá quatro fases: prova objetiva, constituída de questões de língua portuguesa, história do Brasil, história mundial, geografia, política internacional, língua inglesa, noções de economia e de noções de direito e direito internacional público; prova escrita de língua portuguesa; provas escritas de história do brasil, geografia, política internacional, língua inglesa, noções de economia e noções de direito e direito internacional público; provas escritas de língua espanhola e língua francesa.

CESPE/UNB fará concurso do banco central para 515 vagas
O Banco Central do Brasil escolheu o Cespe/UnB para organizar o concurso para o total de 515 vagas. São 400 vagas de analista (nível superior em várias áreas), 100 de técnico (nível médio) e 15 de procurador (nível superior em direito). O concurso foi autorizado pelo Ministério do Planejamento autorizou, por meio da portaria nº 81 publicada no “Diário Oficial da União” do dia 25 de março.
O salário de técnico é de R$ 4.917,28, o de analista é de R$ 12.960,77, e o de procurador, de R$ 14.970,60. O provimento dos cargos dependerá de prévia autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e está condicionado à existência de vagas na data da nomeação; e à declaração do respectivo ordenador de despesa sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa à Lei Orçamentária Anual e sua compatibilidade com a Lei de Diretrizes Orçamentárias, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados.
Agência oferece 300 vagas para trabalho em navios de cruzeiro
A agência de recrutamento Infinity Brazil está oferecendo 300 vagas para trabalho em navios de cruzeiro, nos departamentos de bar, restaurante, governança, recepção, entretenimento, fotografia e vendas.
Os interessados devem ter acima dos 18 anos e inglês intermediário. As inscrições podem ser feitas pelo site da Infinity Brazil. A seleção será por meio de entrevistas presenciais nos meses de junho, julho e agosto, em suas sedes (Santos-SP e São Paulo), ou via Skype, para candidatos que moram em outros estados.
Os embarques dos candidatos aprovados deverão acontecer a partir de agosto, e os aprovados irão trabalhar nas companhias Oceania, Royal Caribbean, Celebrity, Pullmantur, Costa, Ibero, Norwegian, Image e Starboard com salários que podem chegar a R$ 5.000, dependendo da companhia contratante e da posição.
PRF abre concurso público para 1.000 vagas
O Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF) publicou o edital do concurso público que vai preencher mil vagas no cargo de policial rodoviário federal. Do total, 50 estão reservadas para candidatos com deficiência. O Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais da Bahia estima que 300 vagas serão reservadas para o Estado, que tem hoje 650 policiais.
O órgão também formará cadastro de reserva. As inscrições podem ser feitas a partir do dia 24 deste mês até 8 de julho, no site do Cespe/UnB (clique aqui). Será cobrada taxa de R$ 150.
Para concorrer ao cargo, o candidato deve ter diploma de conclusão de curso de graduação em qualquer área de formação e possuir carteira nacional de habilitação categoria “B”. A remuneração inicial é de R$ 6.479,81, sendo R$ 6.106, 81 de subsídio e R$ 373 de vale-refeição.
Os candidatos serão avaliados em duas etapas. A primeira contará com as seguintes fases: provas objetivas e prova discursiva, exame de capacidade física, avaliação de saúde, avaliação psicológica, investigação social e/ou funcional e avaliação de títulos.  Já a segunda etapa será composta de curso de formação profissional.
Ministério do Planejamento abre inscrição para especialista
O Ministério do Planejamento abriu inscrições para o concurso público com 150 vagas para especialista em políticas públicas e gestão governamental (EPPGG).  O cargo exige qualquer curso superior e tem remuneração inicial de R$13.775,37, incluindo o auxílio-alimentação, de R$373. Os aprovados atuarão em Brasília.
As inscrições podem ser feitas até o dia 23 deste mês, através do site da ESAF e a taxa é de R$130. Poderão pedir isenção da taxa os candidatos membros de família de baixa renda, inscritos no CadÚnico, mediante o preenchimento de formulário, no ato da inscrição.
A seleção ocorrerá por meio de duas provas objetivas, aplicadas no dia 11 de agosto, pela manhã e à tarde, em Salvador, Belém, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo.
Haverá ainda prova discursiva, com duração de quatro horas, na qual os candidatos deverão desenvolver um estudo de caso e um questionamento de acordo com os roteiros estabelecidos, avaliação de títulos e curso de formação. A validade do concurso é de um ano, prorrogável por igual período.
SESI abre seleção para professores
O SESI está com seleção aberta para recrutamento de professores com experiência com o Ensino Médio, para atuar no Curso Preparatório do Enem, no município de Pojuca, oferecido pela instituição.
O contrato é por tempo determinado (período de três meses), para profissionais com formação em Letras (preferencialmente com Inglês), Matemática, História, Geografia, Biologia e Química, para ensinar de segunda a quinta-feira, no horário das 18h30 às 21h30. Maiores informações pelo e-mail fgazar@fieb.org.br, ou pelo telefone (71) 3343-1430.
Fundação Carlos Chagas organizará concurso do TRT-Ba
A Fundação Carlos Chagas (FCC) deve organizar o próximo concurso para o Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, com sede em Salvador, informa matéria do A Tarde.
O edital, previsto para ser lançado ainda neste mês, informará as vagas para candidatos de níveis médio e superior nos cargos de analista e técnico-administrativo, como informou a assessoria de comunicação do tribunal.
O último concurso do TRT, em 2008, para estes cargos foi organizado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos Universidade de Brasília (Cespe/UnB). Na época, foram disputadas 22 vagas para os cargos de analista (R$ 6.551,52) e técnico (R$ 3.993,09).
Segundo Leandro Fortes, coordenador do Complexo de Ensino Renato Saraiva (Cers), afirma que apesar da mudança de banca, as disciplinas básicas, que são comuns a todos os cargos, devem ser as mesmas: língua portuguesa, atualidades e raciocínio lógico.
“Basicamente, em conhecimentos gerais, não deve haver grande alteração nas disciplinas que são cobradas, mas deixo a ressalva, eventualmente pode haver alguma alteração”, destacou.
Marinha abre inscrição de concursos para oficiais
A Marinha do Brasil abre edital de concursos públicos para vagas de oficiais. As vagas são de nível superior e preencherão o Quadro Técnico do Corpo Auxiliar e no Quadro Complementar de Oficiais Intendentes.
No Quadro Complementar de Oficiais Intendentes da Marinha estão abertas vagas para Administração (42), Ciências Contábeis (3) e Economia (1).
No Quadro Técnico do Corpo Auxiliar há vagas para Administração (3), Arquivologia e Gestão de Documentos (1), Ciências Contábeis (2), Ciências Econômicas (1), Comunicação Social (4), Direito (7), Educação Física (1), Estatística (1), Física-Licenciatura (1), Informática (7), Matemática – Licenciatura (1), Meteorologia (1), Pedagogia (2), Psicologia (4), Serviço Social (2), Engenharia e Ciências Náuticas (3).
IFBA abre seleção para tutores
O Instituto Federal Baiano (IF Baiano) estará com inscrições abertas, dos dias 10 a 28 de junho, para a formação de cadastro reserva de tutores presenciais dos cursos da educação profissional técnica de nível médio subsequente, modalidade à distância.
O processo seletivo que terá validade por um ano, prorrogável por mais um, será para escolher profissionais que irão atuar nos polos de Mucuri (Escola Municipal Deputada Ana Oliveira) e Mundo Novo (Escola José Carlos da Mota), recebendo a bolsa de pesquisa no valor de R$ 765,00.
O candidato precisa ter ensino superior completo, disponibilidade de 12 horas semanais presenciais (diurnas ou noturnas), experiência comprovada de um ano no exercício do magistério e conhecimento no uso de ferramentas tecnológicas de informação e comunicação.
A inscrição será através do e-mail prosel.ead@ifbaiano.edu.br. Para outras informações veja o edital aqui.
Aeronáutica abre inscrições para 96 vagas em controle aéreo
A Aeronáutica abre nesta terça-feira (4) as inscrições do concurso para 96 vagas no Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica (modalidade especial) da especialidade de Controle de Tráfego Aéreo de 2014.
No site da Aeronáutica, é possível ver o edital. O candidato deve ter concluído ou estar em condições de concluir, com aproveitamento, o ensino médio do Sistema Nacional de Ensino e não ter menos de 17 anos e nem completar 25 anos até 31 de dezembro de 2014.
O Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica (Modalidade Especial) da Especialidade Controle de Tráfego Aéreo (CFS-ME-BCT) é ministrado sob regime de internato, na EEAR, com duração aproximada de 1 ano e abrange instruções nos campos militar e técnico-especializado.
As inscrições devem ser feitas de 4 a 20 de junho nos sites www.fab.mil.br e www.eear.aer.mil.br. A taxa é de R$ 60.

O concurso terá exame de escolaridade, inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de avaliação do condicionamento físico e análise e conferência dos critérios exigidos e da documentação para a matrícula no curso. As provas escritas serão aplicadas em 18 de agosto nas em diversas cidades , dentre elas Salvador.

Formosa: A gastança e a farra com o dinheiro público

Mesmo com servidores municipais reivindicando aumento salarial, plano de carreiras e realizando constantes protestos, mesmo com a falta de pneus novos para a frota veicular, a administração municipal nega o pleito sob alegação de falta de caixa suficiente, a farra e a imoralidade imperam no município.
Servidores comissionados, indicados e nomeados pelo prefeito Jabes Júnior chegam a receber até 120% de adicionais em seus vencimentos. Como se não bastasse, o gestor com dinheiro público alimenta verdadeiros marajás com empenho de R$ 96.000,00 (noventa e seis mil reais).
O empenho nº 148 datado de 04/01/2013 descreve pagamento de R$ 96.000,00 ao escritório de advocacia “MATTOS, MEDINA, SANTOS E SOARES ADVOGADOS ASSOCIADOS”, o mesmo escritório que mantém em seus quadros os advogados de defesa do prefeito em ação judicial que apura suposta compra de votos e abuso de poder econômico nas eleições de outubro de 2012.
Ainda no documento, na especificação do serviço, diz que o escritório advocatício prestará durante o ano de 2013, “serviços técnicos profissionais especializados de consultoria, orientação legal, assessoria jurídica e principalmente acompanhamento processual de interesse da administração municipal”.
Clique na imagem abaixo para ampliar


Formosa: Porque eles foram vaiados?

Se nas esferas Federal e Estadual, o povo no exercício de seu direito democrático soltou suas vaias e protestos contra a corrupção e pela ética na política, em Formosa do Rio Preto não foi diferente. No município que passa por grave crise administrativa e política, jovens, sindicalistas, idosos e outras minorias não se furtaram. Veja a seguir, os momentos e as razões dos protestos.


Dilma: Após onda de protesto que a principio era contra a carestia do transporte público e sua péssima qualidade, elevado gasto na reforma e construção de estádios de futebol e que acabou evoluindo para questionamento sobre ética na política e contra a corrupção, a Presidenta Dilma ao lado do presidente da FIFA, Joseph Platter e do presidente da CBF, José Maria Marin, foi duramente vaiada na abertura da copa das confederações em pleno estádio Maracanã. Como resposta, Dilma articula pacto para reforma da legislação política.

Jabes Júnior: Na 30ª Vaquejada, conforme informações oficiais, o evento contou com aproximadamente 15.000 pessoas por noite, o prefeito Jabes Junior durante longo intervalo de troca de uma banda musical por outra, se aventurou a fazer discurso. O resultado foi uma ensurdecedora vaia, digna de entrar para a história do município.
Os motivos: O prefeito, pupilo do ex-prefeito e pré-candidato a deputado estadual, Neo Afonso, enfrenta onda de protestos sem precedentes. Professores já realizaram duas paralizações no ano, profissionais da enfermagem estão a quase 30 dias em greve, pais queixam-se de transporte escolar inadequado e irregularidade no fornecimento de merenda escolar, o atendimento a saúde anda mal das pernas, Agentes de Saúde e de Endemias reivindicam melhores condições de trabalho, recursos para obras retornam a cofres federais, funcionários contratados passaram sem receber salário durante vaquejada, ministério públicos investiga administração e prefeito em busca de irregularidades, etc… 

Bira Lisboa: Ao sair de audiência que apura suposta compra de votos e abuso de poder econômico nas eleições de 2012, Bira Lisboa, sem cerimônia, saiu em meio a manifestantes partidários do Prefeito Jabes Júnior e recebeu vaias de protesto.
O motivo não pode ser outro: Ter aberto processo judicial contra a coligação “Unidos Pela Vitória do Povo” e por descuido ou segurança de que sua presença iria passar despercebida.

Movimento Muda, Formosa! O que diziam os cartazes?

Dilma e a proposta de reforma política

A presidenta Dilma Rousseff parece ter levado à risca seu discurso da última sexta-feira de que iria ouvir os apelos da população e das classes políticas. Veja a seguir a ações que estão sendo empreendidas para a instalação de assembleia constituinte para reforma política.
Dilma consultou ex-presidente FHC sobre plebiscito
Segundo Vera Magalhães, da Folha, o ministro da Justiça José Eduardo Cardozo foi à casa do ex-presidente do PSDB e ex-presidente da república para propor uma reforma política ampla, pactuada com a oposição. FHC disse ser favorável, mas discordou de plebiscito: “As declarações da presidente são inespecíficas e arriscadas. A proposta é mais própria de regimes autoritários”.

Serra: proposta de plebiscito é “absurda”
Em entrevista ao programa “Roda Viva”, da TV Cultura nessa segunda-feira (24/mai), o ex-governador José Serra (PSDB-SP) classificou como “absurda” a proposta da presidente Dilma Rousseff de fazer um plebiscito para convocar uma Constituinte exclusiva para realizar a reforma política. “Achei um absurdo. A presidente se sente acuada, então atira para todos os lados”, disse o tucano.

Dilma reúne STF, Senado e OAB para discutir plebiscito

(da Agência Brasil editada por oeste Global)
Presidente marcou conversas ao longo do dia de ontem (24/mai)com os presidentes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinicius Furtado Coelho, do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, e do Senado, Renan Calheiros (PMDB), sobre a proposta de instalação de uma Constituinte exclusiva para discutir a reforma política.

Pelo segundo dia consecutivo, a presidenta Dilma Rousseff tem uma série de reuniões hoje (25/mai) com o objetivo de discutir soluções para encerrar a onda de manifestações no país. Dilma marcou conversas ao longo do dia com os presidentes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinicius Furtado Coelho, do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, e do Senado, Renan Calheiros (PMDB). Em debate, a proposta de convocação de um plebiscito para instalar uma Assembleia Constituinte exclusiva para discutir a reforma política.
A presidenta também tem reuniões marcadas com representantes de movimentos urbanos, no Palácio do Planalto. Paralelamente, várias manifestações estão programadas em todo o país. Nas redes sociais, os líderes dos movimentos organizam assembleias para a definição de mais protestos. Na Universidade de Brasília (UnB) há reunião hoje à tarde.
Em Cristalina (GO), moradores da comunidade Marajó prometem fechar os principais trechos da BR-251, uma das vias de acesso ao Distrito Federal (DF). Os moradores protestam por melhores condições de saúde, educação e segurança. Eles também pedem a emancipação da região.
No Rio de Janeiro, um grupo de manifestantes mantém o acampamento perto da residência oficial do governador Sérgio Cabral. Segundo ele, só deixarão o local depois de recebidos por Cabral. O grupo reivindica maior transparência nas contas públicas. Em São Paulo há três atos de protesto na capital – na zona sul, no Largo do Campo Limpo e no metrô Capão Redondo, assim como na zona leste.
Ontem (24/mai), durante a reunião com 27 governadores e 26 prefeitos, Dilma detalhou sua proposta para a convocação de um plebiscito que autorize uma Constituinte para fazer a reforma política. “O Brasil está maduro para avançar e já deixou claro que não quer ficar parado”, disse a presidenta.
“Junto com a população, podemos resolver grandes problemas. Não há por que ficarmos inertes, acomodados ou divididos”, acrescentou ela, informando que “o país deixou de ser governado para um terço da população”. O governo vai disponibilizar mais R$ 50 bilhões para investimentos em obras de mobilidade urbana e a criação de um Conselho Nacional de Transporte Público, com a participação da sociedade e que deverá ter versões municipais.

Alta do dólar eleva rentabilidade de agricultores no Brasil


A recente desvalorização do real será positiva para os produtores de commodities agrícolas do Brasil, apesar do aumento dos custos decorrentes de insumos atrelados ao dólar e do ambiente de preços internacionais em curva descendente.

Especialistas no setor, que é líder de exportações do país, são unânimes em apontar que a cotação do dólar, que acumula alta de quase 5 por cento em junho, vai se converter em negócios um pouco mais lucrativos, no momento em que os valores dos produtos cotados na moeda dos EUA forem convertidos em real.
“Em termos líquidos, é favorável essa desvalorização cambial”, disse o analista Fábio Silveira, da GO Associados.
A mudança cambial tem origem, em boa parte, nas perspectivas sinalizadas pelo banco central dos EUA, o Federal Reserve, de reduzir os estímulos monetários, lembrou o coordenador do Cepea e professor da Esalq/USP, Geraldo Barros, apontando que isso também acaba pressionando os preços das commodities.
“O aumento dos juros tende, como regra, a agir no sentido da queda dos preços em dólares das commodities. Portanto, nem todo ganho com a desvalorização vai se transformar em ganhos para o agronegócio brasileiro”, acrescentou Barros.
De qualquer forma, continuou o professor da Esalq/USP, entre efeitos negativos e positivos, o produtor brasileiro deve ser beneficiado.
“A experiência passada sugere que o saldo para o agronegócio deve ser positivo, com aumento na renda”, disse ele.
As commodities em geral sofreram na quinta-feira, no mercado internacional, sua maior liquidação em um ano e meio, por conta das sinalizações do Fed. Alguns mercados, como o do petróleo, mantiveram a tendência de queda na sexta-feira (21).
Outro fator que pressiona os preços das commodities agrícolas é a perspectiva de um mercado mais bem abastecido. Para o açúcar e o café, safras abundantes no Brasil –maior exportador de ambos os produtos– têm derrubado as cotações.
Já a soja, principal produto da pauta de exportações agrícolas do Brasil, está sendo impactada pela perspectiva de uma grande safra norte-americana em 2013. As cotações dos contratos mais distantes na bolsa de Chicago, os da safra nova dos EUA, têm valores 15 por cento mais baixos que os da safra velha.
EFEITO DO DÓLAR
o cruzamento das cotações futuras da soja em Chicago com a taxa de câmbio mostra que as perspectivas para o produtor rural melhoraram ao longo de junho, segundo estimativa feita pelo SimConsult, da corretora Centrogrãos, de Mato Grosso.
Levando-se em conta a cotação em Chicago e o câmbio no fechamento do dia 3 de junho, um agricultor de Sorriso (MT) receberia um valor líquido de 43,57 reais por saca de soja de 60 kg em março de 2014.
O mesmo produtor receberia 44,47 reais por saca com base no mesmo cálculo feito com o preço na CBOT e o câmbio atualizados desta sexta-feira.
Em outras palavras, mesmo com uma desvalorização da soja este mês, a alta do dólar já teria rendido um ganho de 2 por cento ao agricultor.
Como os custos de produção variam de propriedade para propriedade, e dependendo da boa gestão realizada em cada fazenda, os insumos têm um peso maior ou menor na conta final de rentabilidade.
Em todos os casos, no entanto, a atual conjuntura ainda é favorável para quem planta.
“Naturalmente isso ajuda o setor, porque a receita bruta e líquida, em reais, vai ser um pouco maior”, avaliou o secretário-geral da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), Fábio Trigueirinho.
O economista José Roberto Mendonça de Barros, da consultoria MB Agro, acredita que após uma comercialização muito favorável para os produtores de grãos em 2012, há caixa para apostar em ganhos ainda maiores ao longo do ano.
“A estratégia é clara, usar o capital de giro para antecipar os insumos e dá para correr do risco do câmbio, porque ele não vai voltar… Não vejo a menor condição de ele voltar a 1,80; 1,90 ou 2 (reais). Para a agricultura, câmbio desvalorizado é bom. Ponto”, disse ele, em uma entrevista recente.
O movimento de maior rentabilidade da soja deve ser acompanhado também por outras commodities exportadas pelo país, na avaliação da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB).
“É bem-vindo (a alta do dólar), algumas commodities como café, minério, açúcar, que estão com preços mais baixos… essa elevação do câmbio recupera a redução da rentabilidade (em reais)”, disse José Augusto de Castro, presidente da entidade.
CUSTOS
Por outro lado, os principais insumos da agricultura, como fertilizantes e defensivos, são precificados em dólar, o que corrói boa parte dos ganhos. Mas não ao ponto de eliminar a vantagem oferecida pelo câmbio.
“Alguns desses itens (de custos) não são dolarizados, como salário, por exemplo. O saldo é positivo”, disse o diretor da consultoria AgroConsult, André Pessôa.
Os custos dolarizados podem chegar a até cerca de 50 por cento do total das despesas dos produtores, mas isso em áreas como Sorriso (MT), maior produtor de soja do país, onde as despesas estão mais atreladas ao dólar do que em outras áreas agrícolas do Brasil, segundo o Cepea. (Reuters)

Cristovam Buarque: violento é o sistema; vandalismo é criança morrer por falta de UTI

Formosa: Centenas marcham por direitos sociais e contra a corrupção

Espontâneos, em sua grande maioria jovens, aderiram aos protestos nacionais, nesta sexta-feira (21/jun). A concentração se formou na Praça do bairro Santa Helena, onde todos saíram em marcha pelas ruas da cidade e foram ganhando apoio e a simpatia da população por onde passavam.
Eles subiram a Rua José Lélis sob as palavras de ordem “vem para a rua, que é a maior arquibancada do Brasil” e se deslocaram até a Avenida Brasil portando cartazes contra corrupção, pedindo por saúde e educação digna ao som de canções que inspiravam protesto e fizeram sua primeira paralisação na Praça da Cesta do povo.
Já refeitos e reenergizados, a coluna rumou pela Rua da Ladeira fazendo parada estratégia na esquina com a Avenida da Matriz, onde através de carro de som foram ecoadas palavras de ordem e foi feito bloqueio de trânsito por aproximadamente 10 minutos.
Continuando a caminhada, todos seguiram até a igreja matriz, onde novamente foram ditas palavras de ordem contra a corrupção e direitos sociais, sendo que em frente à obra da futura sede da prefeitura, foi entoado o Hino Nacional Brasileiro e todos se viraram de costas para a edificação como forma de protesto.
Em fala inusitada, o locutor do evento soltou a seguinte pérola solicitando aos demais manifestantes que há repetissem: Vice-prefeito, quanta confusão, você está do lado do prefeito ou da oposição?
A câmara municipal de vereadores foi o ponto final da manifestação onde os participantes da marcha foram incitados a completar a frase com o inicio “O que adianta”. Não faltou criatividade sendo destaque: o que adianta ter hospital e não ser bem atendido! O que adianta ter escola e não ter boa estrutura e condições de aprendizado! O que adianta ter verba pra construir hospital e não construir! Dentre outros protestos.

Governo não pensa em cancelar eventos no país

Presidente Dilma se reuniu durante duas horas com o ministro José Eduardo Cardozo, da Justiça, para avaliar as manifestações que ocorrem em todo o Brasil; avaliação é de que o governo continua assustado com os protestos, mas não pretende cancelar qualquer evento já programado, garantindo que o País tem condições para promover com segurança a Copa das Confederações, a visita do Papa no mês que vem e a Copa do Mundo em 2014; presidente Dilma decidiu se manifestar ainda hoje
O governo não pretende cancelar qualquer evento já marcado no País nos próximos anos. A presidente Dilma Rousseff se reuniu por duas horas nesta manhã com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para discutir os protestos que acontecem em todo o Brasil. A avaliação é de que o governo continua assustado com as manifestações, mas garante que o País tem condições de promover com segurança a Copa das Confederações, a visita do Papa em julho, para a Jornada Mundial da Juventude, e a Copa do Mundo, em 2014.

A presidente, que chegou ao Planalto às 9h15, também se reuniu nesta sexta-feira com o ministro da Educação e braço direito, Aloizio Mercadante, e o ministro do Esporte, Aldo Rebelo. Outras reuniões devem acontecer ao longo do dia. À tarde, a presidente tem em sua agenda a visita de Dom Raymundo Damasceno Assis, presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A pauta deve ser a visita do Papa para a JMJ, no Rio de Janeiro.
Leia abaixo reportagem do 247 sobre a decisão de Dilma de se manifestar ainda hoje:
Dilma falará à Nação hoje
A presidente Dilma Rousseff acaba de tomar a decisão de falar à Nação sobre os acontecimentos de ontem, em várias cidades do Brasil. Reunida com seu núcleo duro, em Brasília, que inclui os ministros José Eduardo Cardozo, da Justiça, e Gleisi Hoffmann, da Casa Civil, ela já decidiu que irá se pronunciar, com veemência, em defesa da democracia, mas também da ordem, rechaçando de forma contundente todos os atos de violência.
Ela, que acompanhou tudo pela televisão ontem à noite, ficou especialmente assustada com o vandalismo em Brasília, onde o Palácio do Itamaraty, obra-prima da arquitetura mundial, foi atacado, e no Rio de Janeiro, onde houve tentativa de invasão à prefeitura e um repórter da GloboNews, Pedro Vedova, foi atingido com uma bala de borracha na testa.
Ainda não há consenso sobre a forma do pronunciamento. Há quem defenda uma fala em cadeia nacional de rádio e televisão, às 20h. No entanto, a mensagem talvez seja transmitida de forma menos formal, numa entrevista ainda hoje no Palácio do Planalto.
Também assustados com a violência, os integrantes do Movimento Passe Livre anunciaram que não convocarão mais protestos para a cidade de São Paulo.
Abaixo, noticiário da Reuters, sobre decisão do MPL:
MPL anuncia que não convocará novos protestos em São Paulo
SÃO PAULO, 21 Jun (Reuters) – O Movimento Passe Livre (MPL), que deu partida a uma série de manifestações em diversas cidades brasileiras pela redução da tarifa do transporte público, informou nesta sexta-feira que por ora não convocará mais protestos em São Paulo.
A onda de protestos no país, que começou há cerca de duas semanas, teve seu ápice na quinta-feira, quando estima-se que mais de 1 milhão de pessoas foram às ruas de dezenas de municípios, mesmo após a reivindicação inicial pela queda das passagens ter sido atendida em diversas cidades.
“O MPL aqui em São Paulo não vai mais convocar os protestos. Pelo menos por enquanto, não tem nenhuma previsão de novas manifestações”, disse o bancário e militante do MPL, Douglas Belome, à Reuters, por telefone.
Os atos de violência se agravaram em várias localidades. Em Brasília, manifestantes –que agora pedem uma extensa pauta que vai de melhoria dos serviços públicos à crítica pelos gastos para realização da Copa do Mundo no país– chegaram a invadir e atear fogo ao Palácio do Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores.
Muitos dos manifestantes, em sua maioria jovens, têm se posicionado contra a participação de partidos políticos nas passeatas. Em algumas cidades, como São Paulo, a presença de legendas acirrou os ânimos de grupos que estavam nas ruas.
“Com relação ao que aconteceu ontem (quinta-feira), a gente ficou particularmente triste, porque entendeu que muitas das pessoas ligadas a partidos que estavam presentes estavam na luta com a gente desde o início, e algumas chegaram a ser acusadas de oportunistas e estavam sofrendo e vibrando com a gente desde o início, lutando pela mesma causa”, afirmou o militante do MPL.
“O MPL se coloca como apartidário, mas insiste que não é antipartidário”, acrescentou Belome.

A presidente Dilma Rousseff cancelou viagens previstas para os próximos dias, inclusive uma internacional ao Japão, diante do agravamento dos protestos em todo o país. Nesta manhã, Dilma marcou reunião de emergência com diversos ministros para tratar do assunto. (Por Silvio Cascione)