Greve dos professores, o impasse aumenta

Por Luís Carlos com informações do SINDSEMB e DIRCOM
Em Assembléia ontem (17), no auditório da UNEB, os professores em greve, decidiram não participar da reunião de hoje, (18) com a comissão de representantes da prefeitura.
A alegação é de que os secretários do municipio e o procurador geral do municipio, Jaires Porto, não tem autonomia suficiente para tomar decisões. “Os professores estam dispostos a negociação, tanto é que antes da decretação da greve, por seis vezes procuramos a prefeita. A responsável pela administração é a prefeita, ela está se omitindo, repassando responsabilidades a quem se reporta a ela para pedir autorizações. Queremos num ambiente democrático debater pessoalmente com Jusmari,” disse o presidente do SINDSEMB.

2 Responses to Greve dos professores, o impasse aumenta

  1. Anônimo disse:

    É ri para não chorar!!!
    Força na luta colegas!!!!

  2. Anônimo disse:

    É rir para não chorar!!!
    Força na luta colegas!!!!

Deixe uma resposta